Torne seu trabalho conhecido e fortaleça sua marca pessoal

Postado em 10/09/2018 • Categorias: Artigos
"Imagine se o seu futuro chefe não precisar ler seu currículo porque ele
já lê seu blog. Imagine ser um estudante e ganhar seu primeiro prêmio, 
baseado num projeto da escola que você publicou online. Imagina perder o 
emprego, mas ter contato com pessoas familiarizadas com seu trabalho e 
dispostas a te ajudar a encontrar um novo. Imagine tornar um projeto 
paralelo ou um hobby sua profissão porque você conhece alguém que poderia
apoiá-lo." - Austin Kleon

O livro “Mostre seu trabalho!” de Austin Kleon é gostoso de ler, com muitas ilustrações, frases de autoridades do ramo artístico e do entretenimento, e, acima de tudo, nos dá dicas simples para aumentar nossa presença virtual nesse oceano de mídias sociais, feeds de notícias e stories que competem pelo ativo mais valioso hoje em dia: a atenção.

No dia 27/08/2018, fiz um post no meu perfil do LinkedIn sobre o livro e comecei a testar estratégias de compartilhamento de assuntos ligados a empreendedorismo, comunicação interpessoal, carreira e inovação em petróleo e gás. Até aqui obtive +6 mil visualizações, 150 curtidas e 10 comentários. Para você pode parecer pouco, mas é assim mesmo, aos poucos, que você também irá contribuir com as conexões que fizer pelo caminho, mostrará o potencial do seu trabalho e construirá sua marca pessoal.

Antes de ser encontrado, você precisa ser encontrável. Esse artigo mostra 3 passos simples para você começar a aumentar sua presença na internet ainda hoje.

Muitas pessoas têm medo de se expor na internet e serem revelados como amadores. No entanto, como os amadores têm pouco a perder, estão mais dispostos a tentar e divulgar seus resultados. Na mente de um novato, existem muitas possibilidades, enquanto que nas dos experientes, poucas.

O problema não está na distância entre o medíocre e o bom, uma vez que é possível deixar de ser medíocre e se tornar bom aos poucos. A real armadilha está entre o não fazer nada e o fazer algo. Amadores sabem que contribuir com algo é melhor do que não contribuir com nada.

A melhor forma de começar é pensar no que você gostaria de aprender e se comprometer a mostrar este aprendizado para os outros. Foque em um assunto, preste atenção no que os outros estão e, principalmente, o que não estão compartilhando. Esteja a procura de espaços vazios que você consiga preencher com o próprio esforço, não importa quão ruim você seja no início. Nesse primeiro momento, não tente ser um especialista ou profissional, nem ganhar dinheiro ou construir uma carreira, apenas divida suas histórias e aprendizados e atrairá as pessoas certas.

Ao expor nosso trabalho com frequência, criamos um relacionamento maior com nossa rede de contatos que não quer apenas ver o resultado final, mas compreender o processo criativo (os bastidores) como um todo. Querem entender a essência por dentro da forma. Pode ser ainda mais valioso quando o resultado final do que você faz ou estuda não for algo tão trivial de mostrar ou explicar.

Faça um levantamento daquilo que é descartado ou passa despercebido ao longo do processo e coloque-o em um formato interessante para compartilhar. Torne-se um documentarista do que faz. Comece um diário de trabalho, escrevendo pensamentos ou registrando-os em um gravador. Mostre desenhos, protótipos, referências e histórias que o inspira. Tire muitas fotos e grave vídeos em diferentes etapas do processo. Aproveite todas as ferramentas baratas e fáceis à sua disposição – a maioria de nós carrega um estúdio multimídia totalmente funcional no celular.

Todo dia, após concluir suas tarefas, recapitule seus passos e encontre algo que possa dividir. Onde estiver no processo irá determinar o que será compartilhado. No início, fale sobre suas influências e o que o inspira. Durante a execução, escreva sobre seus métodos, os desafios que surgiram e o progresso do trabalho. Ao terminar o projeto, mostre o resultado final, o que foi deixado de lado e os seus maiores aprendizados.

A forma de compartilhar não importa. Pode ser um blog, um e-mail, post em mídias sociais ou vídeos no YouTube. Não se preocupe em estar em todas as plataformas; escolha uma baseada no que gostaria de fazer e nas pessoas que gostaria de atingir.

Não use a desculpa de “não ter tempo” para continuar na inércia. Todos nós temos 24 horas no dia. Você encontra tempo nas lacunas entre as coisas importantes – em seu trajeto para o trabalho, na hora do almoço, na maratona de série do fim de semana. Talvez você precise perder uma hora de sono, mas conseguirá encontrar tempo se procurar por ele.

"Gosto de trabalhar quando o mundo está dormindo e compartilhar 
 quando o mundo está trabalhando." - Austin Kleon

O ato de dividir é um ato de generosidade – você está colocando algo no mundo porque acredita que pode ser útil ou interessante para alguém do outro lado da tela. Antes de compartilhar qualquer coisa, faça do teste do “E daí?”. Não pense demais, siga sua intuição e se estiver inseguro sobre postar algo, deixe quieto por um dia. Coloque numa gaveta ou aperte o botão de salvar como rascunho. Volte no dia seguinte e examine o material com uma mente mais descansada.

E então, vamos começar a praticar? Se as dicas de Kleon foram tão valiosas para você quanto para mim, passe adiante o artigo para aqueles amigos que tenham dificuldade em mostrar todo seu potencial e se beneficiar das ótimas oportunidades que surgem como consequência.

Comece hoje, comece agora! Você não precisa ser um gênio e nem ter uma obra-prima em mãos. Comece com o que você tem, coloque em um formato interessante e divida com o mundo um pouco todos os dias.

Dúvidas, feedbacks, opiniões e sugestões são muito bem-vindos nos comentários ou no inbox.

Abs, Chris.


Clique aqui para ver o artigo original no LinkedIn.

Compartilhe:
Christiano Lins Pereira é Consultor no Centro de Excelência em Óleo e Gás da KPMG Brasil, Engenheiro de Petróleo e Minor em Empreendedorismo & Inovação pela UFF, bem como Membro do Comitê Jovem do IBP. Linkedin: https://www.linkedin.com/in/clinspereira/
Deixe um comentário